Avaliação: Saveiro Cross Cabine Dupla MSI 2015

By -

Modelo topo de linha da picape compacta VW, a Saveiro Cross cabine dupla traz o novo motor 1.6L 16 válvulas, controle de tração e estabilidade, entre outros equipamentos. Nesta avaliação, também, avaliação das condições de reparo ecustos de peças e serviços

Texto: Edison Ragassi/ Fotos: Estúdio Prána- Divulgação

Em agosto do ano passado, a VW lançou a versão cabine dupla da picape compacta Saveiro. A opção topo de linha é a de apelo aventureiro denominada Cross.

IMG_9962

O visual é típico dos fora de estrada, faróis com máscara negra, grade inferior na cor preta, com luzes de neblina nas duas extremidades.

IMG_9955

Nas laterais, as caixas das rodas utilizam frisos pretos, ligados aos para-choques. A parte inferior da lateral têm um friso largo (borrachão) e as rodas são de liga leve, aro 15 polegadas com pneus 205/60 R15 de uso misto.

IMG_9968

Já a traseira é retangular, com vinco superior na tampa, inscrição ‘Saveiro Cross’ em baixo, lanternas nas colunas e o para-choque é preto, no centro a cor do carro e a parte debaixo também em preto. Seu comprimento é de 4.511mm, distância entre os eixos de 2.753 mm, largura de1.898 mm e altura de 1.553 mm. Estas medidas proporcionam 500 litros de capacidade para carga na caçamba.

Motor de última geração

Motor 1.6 16V MSI (2)[3]Na Saveiro Cross, a VW passou a utilizar o motor 1.6L 16 válvulas MSI, da família EA211. Ele tem quatro cilindros, bloco e cabeçote feitos de alumínio. Segundo a fabricante, comparado a um de mesma cilindrada com bloco em ferro fundido é 15 kg mais leve. Os cilindros têm 76,5 mm de diâmetro e 86,9 mm de curso.

IMG_9849

Combinada a essa característica está a vela de ignição colocada em posição central, entre as válvulas de admissão e escape. As bielas possuem outro desenho, elas são 26% mais leves do que as convencionais, têm menor seção transversal e são guiadas no virabrequim (árvore de manivelas). Este por sua vez, tem menor quantidade de contrapesos e o diâmetro de seus mancais principais reduzido.

Arvore de manivelas[3]O peso total do componente foi reduzido, e proporcionou menores inércia e atrito. Duas válvulas são para admissão e duas para escape, o cabeçote tem comando de admissão variável, ela é contínua, com 50º de liberdade. A taxa de compressão é de 11,5:1, as válvulas são acionadas por balancins roletados (RSH, sigla para o termo alemão Rollenschlepphebel).

Polia do comando de valvulas[4]

O cabeçote possui coletor de escape integrado, com refrigeração líquida. Há duas válvulas termostaticas, que gerenciam o sistema e permitem temperaturas diferentes para bloco e cabeçote. O conversor catalítico (catalisador), instalado logo na saída do coletor de escape, assim, a chamada fase fria dura menos e são reduzidas as emissões nesse estágio de funcionamento. Outras soluções implantadas foram a tampa do cabeçote que integra os eixos de comando (admissão e escape) e os cames de acionamento das válvulas, polia do virabrequim trioval.

Sistema e-flex de aquecimento do combustivel[3]Sistea e-flex de aquecimento do combustível, composto por velas aquecedoras que eliminam o tanquinho de gasolina para a partida a frio, a galeria de injeção é feita de material polimérico.  Ele entrega potência máxima de 120 cv (E)/110 cv (G) a 5.750 rpm, o torque máximo é de 16,8 kgfm (E)/ 15,8 kgfm (G) a 4.000 rpm.

Opinião do reparador

Um propulsor construído com tecnologia moderna, econômico e potente, porém, não oferece dificuldades ao reparar, o que serve de parâmetro para projetar os custos de manutenção. Claudio Marinho Guedes, diretor da Autotoki, avalia que apesar dos avanços tecnológicos, ele é simples para trabalhar. “Não é difícil entender a construção e avaliar em caso de danos. Já os itens de substituição para a manutenção preventiva como velas, filtros e correias são de fácil acesso e não exigem ferramentas exclusivas”, fala ele.

IMG_0039

Preparada para todo o terreno, a Saveiro Cross tem suspensão dianteira independente, tipo McPherson, A traseira é interdependente com braços longitudinais, na frente e atrás as molas e amortecedores têm carga especifica do modelo e o sistema utiliza barra estabilizadora.

IMG_5869[12]Os freios são a discos nas quatro rodas, ventilados, diâmetro de 280 mm na frente e sólidos de 232 mm na traseira. O ABS, além do antitravamento das rodas, tanto no asfalto como na terra (off-road), tem as funções de controles eletrônicos de estabilidade (ESC) e de tração (ASR), HHC (hill hold- controle de partida em rampa), BAS (Função adicional do sistema ESC, Brake Assist System ou Sistema de assistência à frenagem), EDS (Elektronische Differenzialsperre – Bloqueio eletrônico do diferencial), ESS (Emergency Stop Signal ou Sinal de Frenagem de Emergência). “Também não há dificuldades para trocar amortecedores, molas, discos e pastilhas, e no caso de avarias no ABS, o importante é ter o equipamento de diagnose atualizado para realizar a leitura e identificar o problema”, explica Cláudio.

IMG_9868

Impressões ao dirigir

Apesar de ter como base a arquitetura do Gol e Voyage, a VW desenvolveu uma cabine especifica para cada versão da Saveiro, isso é facilmente notado ao entrar na picape. O posicionamento de dirigir é interessante, o banco é baixo, lembra o de carros de competição, apesar de contar com ajuste de assento.

IMG_0017

Excelente visualização do painel de instrumentos e o importante recurso, mostrador de velocidade digital. Em termos de tecnologia é bem servido, indicador de mudança de marchas, aviso para fechar os vidros com o ar-condicionado ligado, recurso que liga o pisca alerta quando ocorre uma frenagem brusca, entre outros.

IMG_0004

Após acionar o motor, o ideal é arrancar de maneira suave e deixar desenvolver velocidade progressivamente. Bom também o escalonamento das marchas, elas engatam de maneira suave, sem trancos. A curva de torque do motor permite andar em quinta marcha com velocidade média de 80 km/h e o motor a menos de 2.000 giros.

Saveiro_Cross_Cabine_Dupla_(12)

Na cidade ela é confortável ao ultrapassar valetas e lombadas, mas um pouco do barulho dos pneus invade a cabine, situação normal para os compostos de uso misto. Mas é na rodovia, que ela mostra todas as suas qualidades. Excelente nas ultrapassagens e retomadas, deve-se ter cuidado com o pé direito, pois desenvolve velocidade rapidamente, é tão confortável que ao andar com velocidade média de 120 km/h, a sensação de estar a 60 km/h.

IMG_9914E em termos de consumo, surpreende. Na cidade, abastecida com gasolina, o computador de bordo mostrou média de 12 km/L e na rodovia, a 110 km/h, chega a 18 km/L. Uma picape compacta bem acertada, com muitas qualidades, assim podemos definir a Saveiro Cross cabine dupla.

A versão Cross da Saveiro é oferecida com o câmbio manual de 5 marchas, direção hidráulica, rodas de liga leve 6J X 15 com pneus 205/60 R15 de uso misto ao preço de R$ 66.620.

Colaboraram: Volkswagen do Brasil e Concessionária VW Caraigá- Morumbi

Ficha técnica

Saveiro Cross Cabine Dupla

Motor

Denominação: 1.6L MSI- família EA21

Posição: Dianteiro, transversal

Cilindrada: 1.598 cm³

Número de cilindros: 4

Número de válvulas: 16

Taxa de compressão: 11,5:1

Potência: 120 cv (E) / 110 cv (G) a 5.750 rpm

Torque: 16,8 kgfm (E)/ 15,8 kgfm (G) a 4.000 rpm

Transmissão: Manual, 5 marchas

Tração: Dianteira

Direção: Assistência hidráulica

Suspensão

Dianteira: Independente, tipo McPherson com barra estabilizadora e molas helicoidais

Traseira: Interdependente com braços longitudinais, molas helicoidais e barra estabilizadora

Freios

Dianteiros: Discos ventilados, diâmetro de 280 mm

Traseiros: Discos sólidos, diâmetro de 232 mm

Dimensões

Comprimento: 4.511mm

Distância entre-eixos: 2.753 mm

Largura: 1.898 mm

Altura: 1.553 mm

Capacidades

Tanque de combustível: 55 litros

Caçamba: 500 litros

Custos de peças e serviços Saveiro Cross Cabine Dupla

Amortecedor dianteiro: R$ 234,44- cada

Serviço: R$ 585,90

Amortecedor traseiro: R$ 195,77- cada

Serviço: R$ 94,50

Disco de freio dianteiro: R$ 234,44- cada

Serviço: R$ 585,90

Jogo de pastilhas dianteiras: R$ 480,52

Serviço: R$ 151,20

Disco de freio traseiro: R$ 141,10- cada

Serviço: R$ 189,00

Jogo de pastilhas traseiras: R$ 302,12

Serviço: R$ 132,30

Óleo (5W40)/ litro: R$ 43,14

Serviço: R$ 113,40

Filtro de óleo: R$ 35,76

Serviço: R$ 56,70

Filtro de ar: R$ 32,64

Serviço: R$ 37,80

Filtro de combustível: R$ 19,66

Serviço: R$ 37,80

Filtro anti-polén: R$ 29,91

Serviço: R$ 37,80

Vela: R$ 13,16- cada

Serviço: R$ 94,50

autoagora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *