Ford lança a Nova linha Cargo

By -

02_Cargo_DayCab_1317_BARIOs caminhões ganharam novas cabines, inclusive a leito e transmissão sincronizada. Participaram do desenvolvimento a engenharia do Brasil, Estados Unidos e Turquia 
Por: Edison Ragassi
Fotos: Divulgação
Lançada em 1985, a linha Cargo da Ford Caminhões recebeu modificações. A partir de maio, eles serão vendidos como modelos 2012. A apresentação para a imprensa especializada aconteceu em Fortaleza, no último dia 22 de março.

A linha é composta por 11modelos, dos quais cinco tem a opção de cabine-leito, segmento que a fabricante não atuava. Na faixa de 13 a 31 toneladas de peso bruto total, e com capacidade máxima de tração de até 63 FORD BRASIL
CAMINH’ES 2011
CAMPO DE PROVAS DE TATUI
SP31_foto

toneladas, o caminhão é um projeto global que foi desenvolvido nos estúdios de design e centro de engenharia de Camaçari, (BA), São Bernardo do Campo e Tatuí, em São Paulo.

Eles receberam suporte das unidades dos Estados Unidos e Europa. A sua concepção teve como base as pesquisas e os testes realizados na América do Sul, o que resultou em um produto apto para diferentes mercados. A nova linha é formada pelos modelos Cargo 1317, Cargo 1517, Cargo 1717, Cargo 2622, Cargo 2628 e Cargo 3132, com cabine-regular. E o Cargo 1722, Cargo 2422, Cargo 2428, Cargo 1932R e Cargo 1932, com cabine-regular ou cabine-leito.

A denominada linguagem Kinetic Design, usada nos veículos de passeio, foi utilizada no visual dos caminhões. São linhas limpas e o desenho busca dar uma sensação de movimento ao veículo, mesmo com ele parado.
Os modelos são equipados com motores Cummins de 4 e 6 cilindros, as transmissões são novas. Fornecidas pela Eaton são das famílias FS, de seis marchas com primeira sincronizada e FTS, com 13 marchas, totalmente sincronizadas. Todos os modelos trazem ainda embreagem mais robusta e durável e novo acionamento da transmissão por cabo.

11_Cargo_3132_DayBab_ICARAI

O eixo traseiro 6×4, da Arvin Meritor, tem carcaça robusta e é de alta durabilidade. A suspensão dianteira é calibrada para oferecer maior conforto, junto com a nova suspensão da cabine. Segundo divulgado pela fabricante, os custos de manutenção da Nova Linha Cargo permanecem iguais aos dos modelos anteriores. A cesta básica de peças apurada pela

Ford é composta por 71 itens e tem custo de R$ 65.0000. Já a da Cesvi, composta por 10 itens custa R$ 9.000. A cabine da versão anterior tem custo de R$16.000 e a nova, apesar das modificações, sai por R$18.000. A recém-lançada cabine leito custa R$ 22.000. Com este lançamento, a Ford espera aumentar sua participação de 23,3%, para 25% no Brasil.

autoagora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *