Lançamentos: EcoSport 2.0 agora é Flex

By -

A Ford apresentou na Bahia para a imprensa especializada, o EcoSport 2.0L Flex.
O sistema flex fuel, antes disponível só no modelo equipado com propulsor 1.6L, agora integra o motor Duratec 2.0L16V. Estes propulsores são os mais avançados produzidos pela Ford no Mundo. Eles equipam veículos como a Ranger, Fusion, Focus, Edge, e desde seu lançamento o SUV feito em Camaçari (BA).

Fabricado no México, e para incorporar o sistema bicombustível no motor 2,0 litros, o desenvolvimento movimentou engenheiros brasileiros e norte-americanos.
Feito com bloco em alumínio teve sua arquitetura remodelada, para resistir as condições de uso do álcool. Ele traz bielas sintetizadas em uma peça única e separadas pelo processo de fratura para garantir o controle dimensional. Os pistões são de liga de alumínio, de baixo peso, com saias revestidas de material antiaderente (Teflon), o que, segundo a engenharia da Ford, diminui o atrito e aumenta a eficiência.

Os comandos de válvulas são acionados por sistema de corrente e com tensionador hidráulico, e não requer manutenção durante a vida útil. E os assentos de válvulas foram reforçados para garantir a durabilidade ao usar o combustível derivado da cana-de-açúcar. O sistema de injeção eletrônica foi remapeado, a fabricante buscou refinar as respostas, tanto com álcool como com gasolina. O sistema de admissão de ar também foi reprojetado. O filtro de ar com captação frontal, antes usado só no modelo equipado com câmbio automático, foi adotado em toda a linha. O elemento filtrante é montado sobre o motor, assim oferece menor restrição para a passagem do ar, que é admitido com uma temperatura menor, para aumentar a eficiência volumétrica.
O novo filtro funciona ao mesmo tempo como atenuador de ruído e modulador sonoro do motor.
Ainda, o propulsor utiliza somente uma correia para todos os acessórios, esta solução reduz a complexidade e a necessidade de manutenção. O conjunto de escapamento e catalisador também foi projetado especialmente para o motor que consome álcool, gasolina, ou a mistura dos dois em qualquer proporção.
O escapamento traz novos materiais e o catalisador utiliza a tecnologia “close-coupled catalyst”, ou seja, é montado junto ao coletor de escape, mais próximo do motor. Ele capta os gases com temperatura maior, o que aumenta a eficiência na conversão dos poluentes. Os tubos e silenciosos em aço inoxidável oferecem maior resistência à corrosão.
O Duratec 2.0L 16V Flex desenvolve potência máxima de 141 cv (a 6.000 rpm com gasolina) e 145 cv (a 6.000 rpm) com álcool, e torque máximo de 19,06 mkgf com gasolina e 19,47 mkgf com álcool, ambos a 4.250 rpm.
Segundo a Ford, a durabilidade do propulsor é de 240.000 km, o que, em média equivale a 10 anos de utilização.

Preços reposicionados
Apesar da instabilidade do mercado financeiro, gerada pela crise nos Estados Unidos, a Ford acredita que continua a crescer no Brasil. “Estamos confiantes de que as ações que tomamos, e as ações do governo ajudarão a driblar esta crise”, afirmou Marcos de Oliveira, presidente da montadora para o Brasil e Mercosul, durante a apresentação do veículo.
Ao lançar o EcoSport 2.0 L Flex 2009, a companhia preparou uma nova tabela de preços, em média, o modelo com motor 2,0 litros Flex agora custa R$ 1.000,00 a mais que o equipado com propulsor 1.6 Flex. A versão FreeStyle XLT (catálogo ETL9- antes encontrada só com motor 1,6 litros), custa R$58.900, e para acrescentar a transmissão automática, é cobrado mais R$2.000. Já o modelo 2.0 L Flex Automático XLT (catálogo ETO9) custa R$60.900, e com mais R$1.000, é possível levar a versão 2.0 L Flex 4WD (catálogo EWC9), com tração integral, que sai por R$61.900.
Além do reposicionamento de preços, a Companhia preparou condições diferenciadas de financiamento para toda a linha, isso para impulsionar as vendas, não só do lançamento, mas também de todo o seu portifólio de produtos.

Ficha Técnica
Tipo:……………………………………………….. Utilitário esportivo
Carroceria:………………………………………. Monobloco
Capacidade de passageiros:…………… 5
Tração:……………………………………………. Dianteira ou 4WD (“on-demand”) Motor
Modelo:……………………………………………. Ford Duratec HE 2.0 L 16V Flex
Tipo:………………………………………………… DOHC I-4 MPFI, gasolina/álcool
Número e disposição dos cilindros: … 4 em linha
Torque e potência
Torque:……………………………………………. 187 Nm (@ 4.250 rpm) – gasolina
191 Nm (@ 4.250 rpm) – álcool
Potência:…………………………………………. 141 cv (@ 6.000 rpm) – gasolina
145 cv (@ 6.000 rpm) – álcool
Rodas e Pneus
Rodas:…………………………… De aço estampado ou liga leve, 6×15″
Pneus:……………………………. Radiais 205/65 R15
Transmissão
Tipo…………………………………………………. Automática 4×2 (Tração Dianteira)
Número de marchas:……………………….. 4
Tipo:………………………………………………… Manual 4×2 (Tração Dianteira)
Número de marchas:……………………….. 5
Tipo:………………………………………………… Manual 4WD (Integral “on-demand”)
Número de marchas:……………………….. 5
Freios
De serviço:…………………….. Hidráulico com circuitos independentes para cada par de rodas diagonalmente opostas, com servofreio a vácuo. Freio a disco ventilado nas rodas dianteiras e tambor nas traseiras, com válvulas proporcionadoras no circuito traseiro. Opcionalmente com ABS
De estacionamento:……….. Tipo manual mecânico, a tambor, com sapatas atuadas a cabo por alavanca posicionada entre os bancos e ação nas rodas traseiras
Pesos (kg)
Automático Manual 4WD
Peso bruto total:……………………………..1.705………………..1.670……………..1.780
Medidas (mm)
Distância entre-eixos:……………………….. 2.490
Comprimento:………………………………….. 4.228
Largura com espelhos:…………………….. 1.980
Sem espelhos:…………………………………. 1.734
Altura em ordem de marcha:……………. 1.679
Balanço traseiro:……………………………… 956
Tanque de combustível (L):………………. 54 (Versões 4×2); 50 (Versão 4WD
)
autoagora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *