Renault homologa o miniveículo elétrico Twizy no Brasil

By -

timthumb (4)Com capacidade para transportar duas pessoas, o mini carro elétrico foi enquadrado na categoria de quadriciclo e pode circular em vias urbanas

Por: Redação/ Fotos: Divulgação

Veículo elétrico à venda em 35 países do mundo, o Twizy agora pode ser homologado e emplacado no Brasil, graças a Resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

A Resolução enquadra o Twizy como um quadriciclo, o que permiti ao modelo circular apenas em vias urbanas. Ele leva até dois passageiros em seus 2,33 metros de comprimento e 1,18 m de largura. O motor 100% elétrico gera potência equivalente a 20 cv e tem autonomia de 100 km.

timthumb (3)Duas unidades do Twizy já rodam por praças e parques de Curitiba desde a Copa do Mundo de 2014. Na ocasião, a Renault e a Prefeitura de Curitiba firmaram uma parceria para a utilização do compacto, além de cinco unidades do Zoe e três do Kangoo Z.E, pela Guarda Municipal, Setran e Centro Móvel de Informações Turísticas. O projeto representa a primeira e maior parceria do País envolvendo utilização de veículos 100% elétricos no serviço público.

timthumb (1)Em 2013, Itaipu e Renault assinaram um acordo de cooperação tecnológica prevendo a montagem de 32 Twizy a partir de 2014 no Centro de Pesquisa Desenvolvimento e Montagem de Veículos Elétricos de Itaipu (CPDM-VE/IB), em Foz do Iguaçu (PR). Os veículos são utilizados exclusivamente para estudos e trabalhos internos, dentro dos limites do complexo hidrelétrico.

Os 32 Twizys chegaram à Itaipu em regime SKD (semi knock down, na sigla em inglês) – ou seja, parcialmente desmontados. Na usina, o trabalho envolveu a integração do sistema de tração, bateria e motor elétrico, além da carroceria – totalizando aproximadamente 90 peças.

timthumb (2)A atividade mobilizou engenheiros e técnicos da matriz da Renault, na França; da fábrica do Twizy instalada em Valladolid, na Espanha; da fábrica da Renault em São José dos Pinhais; do Parque Tecnológico Itaipu (PTI); e da própria binacional.

 

autoagora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *