Avaliação: SUV Nissan Kicks 1.6 S CVT câmbio automático

Avaliação: Fiat Argo Trekking 1.8 câmbio automático
Avaliação: Fiat Argo Trekking 1.8 câmbio automático
17/08/2020
Avaliação: VW Nivus Highline 2021
Avaliação: VW Nivus Highline 2021
25/08/2020
Avaliação: SUV Nissan Kicks 1.6 S CVT câmbio automático
Avaliação: SUV Nissan Kicks 1.6 S CVT câmbio automático

Avaliação: SUV Nissan Kicks 1.6 S CVT câmbio automático/ Foto: Saulo Mazzoni

SUV versão de entrada traz um bom pacote de equipamentos. Tem visual moderno é estável em curvas e com baixo consumo de combustível

O SUV Nissan Kicks chegou ao mercado brasileiro em julho de 2016, na versão topo de linha, importado do México. No entanto, em junho de 2017 ele passou a ser produzido no complexo industrial de Resende (RJ), quando ganhou mais versões.

O modelo de entrada, ou seja, o mais barato da linha é o Nissan Kicks 1.6 S, oferecido com câmbio manual (MT) e automático CVT.

Avaliação: SUV Nissan Kicks 1.6 S CVT câmbio automático

Nissan Kicks 1.6 S CVT, frente com grade estilo V-Motion/ Foto: Saulo Mazzoni

O visual externo do SUV traz na frente o capo com vincos superiores. A grade é no estilo chamado V-Motion. Os faróis são embutidos e trazem LED nas extremidades. Na parte inferior do para-choque há uma grade na cor preta. Esta versão S não traz luzes de neblina.

Visto de lado, o Nissan Kicks 1.6 S CVT tem vincos acentuados nos para-lamas e portas. O observador no que ele utiliza molduras pretas nas caixas de rodas. Estas molduras são ligadas entre uma extremidade e outra. Apesar de se tratar de uma versão de entrada, as rodas são de liga leve, 16” e os pneus 205/60 R16 de série.

Avaliação: SUV Nissan Kicks 1.6 S CVT câmbio automático

Versão de entrada tem as rodas de liga leve de série/ Foto: Saulo Mazzoni

A fabricante japonesa desenvolveu o Kicks para as condições brasileiras. Ele utiliza a geração mais recente da plataforma V. Tem comprimento de 4,2 m, com largura de 1,7 m e altura de 1,5 m. A distância entre-eixos é de 2,6 m.

Avaliação: SUV Nissan Kicks 1.6 S CVT câmbio automático

Para-choque traseiro preto no Nissan Kicks 1.6 S CVT/Foto: Saulo Mazzoni

Na traseira o teto traz aerofólio e o vidro é côncavo. As lanternas são no formato de bumerangue, elas invadem os laterais e a tampa do porta-malas. No centro da tampa o logotipo Nissan e logo abaixo a moldura com a placa de identificação. O para-choque é preto e nas extremidades estão os refletores. A capacidade do porta-malas de 432 litros.

Avaliação: SUV Nissan Kicks 1.6 S CVT câmbio automático

Mostradores analógicos no painel/ Foto: Saulo Mazzoni

Nissan Kicks S câmbio automático interior simples, mas eficiente

No interior, os mostradores de velocidade e giro do motor, ou seja, o conta giros, são analógicos. No centro uma tela que mostra as informações do computador de bordo.

O volante é multifuncional, nele estão os controle de áudio e telefone. O sistema de áudio traz rádio AM/FM, entrada auxiliar para MP3, conector USB, bluetooth e conectividade com Android Auto e CarPlay. Abaixo estão posicionados os controles do sistema de ar-condicionado mecânico. Os bancos e acabamentos das portas são em tecido, o volante tem o ajuste de altura e profundidade, assim como o banco do motorista.

Avaliação: SUV Nissan Kicks 1.6 S CVT câmbio automático

Nissan Kicks 1.6S CVT, motor com 114 cv/ Foto: Saulo Mazzoni

Nissan Kicks 1.6 S CVT, motor câmbio e consumo de combustível

O motor utilizado no Nissan Kicks é o HR16DE 1.6 16 válvulas de segunda geração, também fabricado em Resende (RJ). Ele entrega potência de 114 cv a 5.600 rpm e torque de 15,5 kgfm a 4.000 rpm, abastecido com etanol ou gasolina. A versão avaliada tem o câmbio XTRONIC CVT com D-Step e modo Sport. Este pode ser chamado de CVT original, pois não há simulação de marchas.

Avaliação: SUV Nissan Kicks 1.6 S CVT câmbio automático

Câmbio CVT sem simulação de marchas/ Foto: Saulo Mazzoni

No programa de etiquetagem veicular do Inmetro, o Nissan Kicks foi homologado com o consumo de 7,7 km/l na cidade e 9,4 km/l na estrada abastecido com etanol. Abastecido com gasolina o consumo é de 11,4 km/l na cidade e 13,7 km/l na estrada.

Nesta avaliação do SUV Nissan Kicks 1.6 S CVT câmbio automático, com o ar-condicionado ligado, abastecido com álcool o consumo obtido foi de 7,2 km/l na cidade e 9,0 km/l na rodovia, portanto, não muito diferente do validado.

Avaliação: SUV Nissan Kicks 1.6 S CVT câmbio automático

Foto: Saulo Mazzoni

Nissan Kicks 1.6 S CVT, impressões ao dirigir

Apesar de aparentar ser um automóvel compacto por fora, o Nissan Kicks foi muito bem projetado e ao entrar o motorista encontra conforto e espaço. Não há dificuldades para encontrar a posição ideal para dirigir. Os espelhos retrovisores são de fácil ajuste, com boa visibilidade.

Avaliação: SUV Nissan Kicks 1.6 S CVT câmbio automático

Bancos e acabamento das portas revestidos em tecido/ Foto: Saulo Mazzoni

A versão de entrada tem chave do tipo canivete, o botão de partida está disponível nos modelos intermediários e topo de linha.

Ao ligar o motor, o isolamento acústico é bom, pois o ruído é pouco percebido dentro da cabine. Não espere um carro com arranque rápido, o SUV não foi desenvolvido para isso.

A melhor maneira de aproveitar o modelo é acelerar de maneira suave, portanto, deixar ele desenvolver velocidade de maneira gradual.

Ao passar por valetas e lombadas, ou imperfeições do asfalto como buracos e ondulações, todo o conjunto de suspensão, assim como os pneus, absorvem bem os impactos, com certo conforto a todos os ocupantes.

Avaliação: SUV Nissan Kicks 1.6 S CVT câmbio automático

Bom espaço para as pernas nos bancos traseiros/ Foto: Saulo Mazzoni

Ainda em termos de desempenho, ao encarar uma subida, ele exige mais aceleração, o que compromete o consumo de combustível, porém, em linha reta anda muito bem. O câmbio CVT é bem ajustado, não incomoda o motorista. Já na rodovia ele desenvolve  boa velocidade e estabiliza rápido. É fácil chegar aos 100 km/h e manter esta média.

Avaliação: SUV Nissan Kicks 1.6 S CVT câmbio automático

Foto: Saulo Mazzoni

O câmbio tem o módulo S para manter o motor em giro alto durante uma manobra de ultrapassagem, mas o motorista nem precisa recorrer a este recurso, pois as aclarações e renomadas são rápidas. O que a Nissan poderia mudar é a capacidade do tanque de combustível para maior autonomia, pois o reservatório do Kicks é de 41 litros.

Avaliação: SUV Nissan Kicks 1.6 S CVT câmbio automático

Foto: Saulo Mazzoni

Nissan Kicks 1.6 S CVT, preço sugerido e itens de série

O preço do Nissan Kicks 1.6 S CVT é de R$90.890. Só para efeito de conhecimento, o Nissan Kicks 1.6 S MT de câmbio manual custa R$83.290. Além dos itens já citados acima como rodas de liga leve, sistema de ar-condicionado, ele trás direção com assistência elétrica, controle eletrônico de estabilidade e tração (VDC-Vehicle Dynamic Control / TCS- Traction Control System). Além disso, tem o sistema inteligente de partida em rampa (HSA) e controlador de velocidade, também chamado de piloto automático.

Avaliação: SUV Nissan Kicks 1.6 S CVT câmbio automático

Nissan Kicks 1.6 S CVT, no porta-malas capacidade de 432 litros/ Foto: Saulo Mazzoni

Os vidros elétricos estão nas quatro portas, tem ainda, abertura elétrica das portas e do porta-malas, bancos traseiros rebatidos (60/40). Para completar o pacote, os obrigatórios airbags duplos frontais, sistema Isofix para fixação de cadeiras infantis e alarme perimétrico. Atualmente o Nissan Kicks 1.6 S CVT é comercializado com a TAG Sem Parar instalada. As condições de uso e contratação do serviço são acertadas no momento da compra.

O SUV Nissan Kicks é o um dos automóveis de maior sucesso da fabricante japonesa no Brasil, tanto que figura entre os mais vendidos na sua categoria. Sendo assim, a fabricante que é a patrocinadora oficial da UEFA Champions League, o maior campeonato de futebol interclubes do mundo aproveita a volta da competição. Por isso lançou uma série limitada Nissan Kicks UEFA Champions League, a qual é restrita a 1.000 unidades e também está disponível no mercado nacional.

Avaliação: SUV Nissan Kicks 1.6 S CVT câmbio automático

Foto: Saulo Mazzoni

Ficha técnica Nissan Kicks 1.6 S CVT 2020

Motor

Tipo: Dianteiro, transversal, 4 cilindros em linha

Número de válvulas: 16 CVVTCS

Cilindrada: 1.598 cm³

Potência: 114 cv a 5.600 rpm (E /G)

Torque: 15,5 kgfm a 4.000 rpm (E / G)

Câmbio

Tipo: XTRONIC CVT com função Sport

Direção

Tipo: Elétrica com assistência variável

Suspensão

Dianteira: Independente, McPherson e barra estabilizadora

Traseira: Eixo de torção

Freios

Dianteiros: Discos ventilados

Traseiros: Tambores

Rodas: Liga leve 16”

Pneus: 205/60 R16

Dimensões

Comprimento: 4,295 mm

Largura: 1,760 mm

Altura: 1,590 mm

Distância entre-eixos: 2,610 mm

Ângulo de ataque: 20º

Ângulo de saída: 28º

Altura livre do solo: 200 mm

Capacidades

Porta-malas: 432 litros

Tanque de combustível: 41 litros

Por: Edison Ragassi/Fotos: Saulo Mazzoni

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *