Avaliação: Fiat Argo Drive 1.0 S-Design 2021

Avaliação: Novo Nissan Versa Exclusive 2021
Avaliação: Novo Nissan Versa Exclusive 2021
10/05/2021
Avaliação: VW Virtus GTS Turbo
Avaliação: VW Virtus GTS Turbo
04/06/2021
Avaliação: Fiat Argo Drive 1.0 S-Design 2021

Avaliação: Fiat Argo Drive 1.0 S-Design 2021/ Foto: Saulo Mazzoni

Avaliação: Fiat Argo Drive 1.0 S-Design 2021

Avaliação: Fiat Argo Drive 1.0 S-Design 2021/ Foto: Saulo Mazzoni

Hatch compacto com visual esportivo é ágil, chama a atenção nas ruas e também é econômico

O Fiat Argo foi lançado em 2017, com três opções de motor (1.0L/1.3L/1.8L) e dois tipos de câmbio (manual/automático). Nesta reportagem avaliamos o Fiat Argo Drive com motor 1.0L, câmbio manual e pacote visual série S-Design.

Avaliação: Fiat Argo Drive 1.0 S-Design 2021

Fiat Argo Drive 1.0 com o pacote série S-Design, o logo da Fiat é escurecido/ Foto: Saulo Mazzoni

Este hatch compacto Premium da Fiat tem capô com vincos que formam um V. Os faróis com lentes escurecidas são grandes, eles avançam para as laterais. A grade tem o logotipo Fiat escurecido ao centro. O para-choque é  na mesmas cor da carroceria, com pequenas entradas de ar nas extremidades e uma grade menor na parte inferior. As luzes de neblina são redondas, colocadas nas extremidades.

Avaliação: Fiat Argo Drive 1.0 S-Design 2021

Fiat Argo Drive 1.0 S-Design 2021, as rodas são de aço, com calotas que remetem a liga leve/ Foto: Saulo Mazzoni

Nas laterais, o Fiat Argo Drive 1.0 S-Design com o câmbio manual traz os adesivos pretos nas colunas das portas. Os retrovisores são na cor preta, eles têm as lâmpadas de seta. Um vinco sai da moldura do farol, ainda no para-lama, abaixo do vinco, o símbolo S-Design com as cores da bandeira italiana. Este vinco segue até as maçanetas, atravessa a lateral e termina na lanterna traseira. Na parte inferior das portas há vincos acentuados. As rodas são de aço 14 polegadas com pneus 175/65 R14 e calotas escurecidas com visual de liga leve.

Avaliação: Fiat Argo Drive 1.0 S-Design 2021

Fiat Argo Drive 1.0 S-Design 2021, com lanternas que avançam para a tampa. O logo escurecido integra o pacote S-Design/ Foto: Saulo Mazzoni

Para reforçar o apelo esportivo, na traseira um aerofólio no teto, o vidro traseiro é inclinado, com o limpador preto e um vinco está logo abaixo. No centro da tampa do porta-malas o logotipo Fiat escurecido. As lanternas são bipartidas e avançam para a tampa. O para-choque é na cor do carro, com refletores nas extremidades. Na parte debaixo uma moldura preta que avança para o assoalho.

Avaliação: Fiat Argo Drive 1.0 S-Design 2021 Avaliação: Fiat Argo Drive 1.0 S-Design 2021

Em dimensões, o Fiat Argo tem comprimento de 3,9 metros, sua largura é de 1,7 m, a distância entre-eixos é de 2,5 m e a altura de 1,5m. Já no porta-malas a capacidade é de 300 litros, porém, esta capacidade pode ser ampliada, já que o banco pode ser rebatido.

Avaliação: Fiat Argo Drive 1.0 S-Design 2021

Fiat Argo Drive 1.0 S-Design 2021, painel de instrumentos com visor TFT digital/ Foto: Saulo Mazzoni

Na cabine, o Fiat Argo Drive 1.0 S-Design traz o painel de instrumentos com o velocímetro e odômetro analógicos. No centro uma tela TFT digital que mostra a velocidade e as informações do computador de bordo (distância, consumo médio, consumo instantâneo, autonomia, velocidade média e tempo de percurso).  Para acessá-las é só utilizar o volante multifuncional que, aliás, tem ajuste de altura. O revestimento dos bancos é de tecido, sendo que, o banco do motorista vem com o ajuste de altura.

Avaliação: Fiat Argo Drive 1.0 S-Design 2021

Fiat Argo Drive 1.0 S-Design 2021, central multimídia com Android Auto e Apple Carplay por cabo/ Foto: Saulo Mazzoni

A central multimídia integra o Pack S-Design, ela é fácil de entender e utilizar. Compatível com o Android Auto e Apple Carplay, o que permite, além de espelhar, utilizar os aplicativos como Google Maps, Whatsapp, entre outros, porém é necessário conectar o cabo de dados em uma entrada USB e não é possível atualizar para a versão que pareia sem cabo.

Avaliação: Fiat Argo Drive 1.0 S-Design 2021

Fiat Argo Drive 1.0 S-Design 2021, motor Firefly com 77 cv de potência/ Foto: Saulo Mazzoni

Avaliação: Fiat Argo Drive 1.0 S-Design, motor e câmbio

O motor do Fiat Argo Drive 1.0 S-Design é o Firefly com potência de 72 cv (G)/ 77 cv (E) e torque máximo de 10,4 kgfm (G) /10,9 kgfm (E) a 3.500 rpm. Vale comentar que este motor foi desenvolvido no Brasil. Tem 3 cilindros em linha, montado com bloco e cabeçote de alumínio e seis válvulas. Utiliza a corrente de comando no lugar da correia dentada. E neste caso é bom alertar:  para não comprometer as partes móveis, manter bons níveis de consumo e emissões de poluentes, não esqueça de trocar o óleo no período recomendado e sempre utilizar o lubrificante especificado pela fabricante. Já o câmbio é do tipo manual de cinco marchas.

Avaliação: Fiat Argo Drive 1.0 S-Design 2021

Avaliação: Fiat Argo Drive 1.0 S-Design 2021/ Foto: Saulo Mazzoni

Avaliação: Fiat Argo Drive 1.0 S-Design, impressões ao dirigir

Logo ao entrar o motorista percebe a melhor qualidade do Fiat Argo Drive 1.0 S-Design, ou seja, o espaço interno. Por fora a impressão é de um automóvel pequeno, mas é grande por dentro.  O ajuste do banco, volante e retrovisores é simples de ajustar e encontrar a posição ideal e confortável para dirigir.

A grafia do painel de instrumentos é grande e proporciona boa visualização, isso tanto do conta-giros como do velocímetro. E no centro as informações digitais auxiliam neste processo de ampla visualização. Para mudá-las, é necessário um toque do polegar.

Avaliação: Fiat Argo Drive 1.0 S-Design 2021 Avaliação: Fiat Argo Drive 1.0 S-Design 2021

Ao acionar o motor, neste caso no botão Start/Stop  (a partida por botão integra o pacote série S-Design), é possível avaliar que o Argo Drive 1.0 S-Design tem isolamento acústico eficiente, pois pouco se ouve dos sons e ruídos emitidos pelo motor.

Quem pensa que arranque de motor 1.0L é fraco, neste caso vai se surpreender. Ao engatar a primeira marcha, acelerar e soltar a embreagem, o arranque é rápido. Muito bom o sistema que mostra na parte superior do painel digital, o momento correto de mudar a marcha. Isso auxilia a obter o melhor rendimento e economizar combustível.

Avaliação: Fiat Argo Drive 1.0 S-Design 2021

Avaliação: Fiat Argo Drive 1.0 S-Design 2021/ Foto: Saulo Mazzoni

O Fiat Argo Drive 1.0 S-Design desenvolve velocidade  de maneira rápida e constante, só perde um pouco o fôlego ao passar por uma subida íngreme, desde que não chegue embalado. A alavanca do câmbio é macia, poderia ser um pouco mais firme, porém, as trocas são precisas.

Ao entrar na rodovia é fácil alcançar a velocidade de 120 km/h e estabilizar, porém, a sensação é de que se o câmbio tivesse mais uma marcha, ficaria melhor ainda. Sabemos que uma mudança deste tipo, ou seja, trocar o câmbio de 5 para 6 marchas requer uma série de condições técnicas, testes e validações, mas vale a consideração para a engenharia da Fiat, quem sabe pensar nesta possibilidade. 

Avaliação: Fiat Argo Drive 1.0 S-Design 2021

Fiat Argo Drive 1.0 S-Design 2021 e câmbio manual de 5 marchas/ Foto: Saulo Mazzoni

Igual a todas as versões do Fiat Argo, o Drive com o pacote série S-Design tem o auxilio elétrico progressivo na direção. O sistema é bem calibrado, leve ao realizar uma manobra de estacionamento, mas permanece firme ao passar por curvas fechadas.

Consumo de combustível do Fiat Argo Drive 1.0 S-Design

O consumo de combustível do Fiat Argo Drive 1.0 S-Design na cidade abastecido com etanol é de 9,9 km/L na cidade e 10,7 km/L na estrada. Ao abastecer com gasolina o consumo é de 14,2 km/L (cidade) / 15,1 km/L (estrada). Nesta Avaliação, o Fiat Argo Drive 1.0 S-Design foi entregue abastecido com etanol e com o ar-condicionado ligado, o consumo registrado no computador de bordo foi de 8,8 km/L na cidade e 11,8 km/L na estrada.

Avaliação: Fiat Argo Drive 1.0 S-Design 2021

Avaliação: Fiat Argo Drive 1.0 S-Design 2021/ Foto:: Saulo Mazzoni

Preço Fiat Argo Drive 1.0 S-Design, itens de série e opcionais

O preço do Fiat Argo Drive 1.0 câmbio manual é R$ 68.035. Ele traz de série o ar-condicionado, direção com assistência elétrica progressiva, air bags duplo (motorista e passageiro) e freios ABS com EBD. Também tem a predisposição para sistema de áudio o qual é composto por 4 alto-falantes, 2 dianteiros, 2 traseiros, 2 tweeters, antena e alarme antifurto.

No interior  a Central Multimídia UCONNECT com tela sensível ao toque (Touchscreen) de  7 polegadas é compatível  com Android Auto e Apple Car Play. Vem com Bluetooth, duas entradas USB e sistema de reconhecimento de voz. Uma segunda porta USB e ainda a tomada 12V. Travas elétricas (travamento automático a 20 km/h, indicador de portas abertas, luz interna com temporizador e tampa do combustível), vidros elétricos dianteiros com one touch e antiesmagamento.

Avaliação: Fiat Argo Drive 1.0 S-Design 2021

Avaliação: Fiat Argo Drive 1.0 S-Design 2021/ Foto: Saulo Mazzoni

Já o pacote da série S-Design custa R$ 3.614,00, ele incluiu, os vidros elétricos traseiros com one touch e antiesmagamento, retrovisores externos elétricos com Tilt Down e luzes indicadoras de direção. Sensor de estacionamento traseiro com visualizador gráfico, faróis de neblina, Keyless entry’n’go, ar-condicionado digital, ESC (Controle de Estabilidade), Hill Holder (sistema ativo freio com controle eletrônico que auxilia nas arrancadas do veículo em subida),  controle de tração (TC), sistema de monitoramento de pressão dos pneus, interior escurecido, painel, volante e console central com detalhes e acabamento exclusivos, retrovisores e spoler traseiro com acabamento exclusivo, logo FIAT escurecido, moldura interna das portas com acabamento exclusivo e Badge lateral S-Design. Sendo assim, o preço do Fiat Argo Drive 1.0 S-Design é de R$ 71.649.

Durante o período de Avaliação do Fiat Argo Drive 1.0 S-Design, utilizado nas ruas e avenidas de São Paulo e também em uma curta viagem de ida e volta até a cidade de Hortolândia no interior de São Paulo, foram vários os curiosos que se aproximaram para perguntar sobre o hatch. As questões mais comum foram sobre o visual, que tipo de  motor, quanto custa e qual o consumo.

Dada as repostas, a que mais foi reprovada foi a que diz respeito ao preço e a que mais deixou os curiosos atônitos foi a de que ele utiliza motor 1.0L 3 cilindros. Sendo assim, depois de avaliar o Argo com motor 1.0L a conclusão é de que o modelo atende quem necessita de um automóvel urbano, ágil, compacto, com linhas modernas e que gaste pouco combustível. 

Para conhecer as diferença entre as várias versões e preços do Fiat Argo, acesse também a Avaliação: Fiat Argo Precision1.8 AT câmbio automático 2020 , Avaliação: Fiat Argo Drive 1.3 câmbio manual e Avaliação: Fiat Argo Trekking 1.8 câmbio automático, a opção aventureira urbana do hatch compacto Premium.

Por: Edison Ragassi/ Fotos: Saulo Mazzoni

Avaliação: Fiat Argo Drive 1.0 S-Design 2021

Avaliação: Fiat Argo Drive 1.0 S-Design 2021/ Foto: Saulo Mazzoni

Ficha técnica Fiat Argo Drive 1.0 S-Design

Motor: 1.0 Firefly

Disposição: Dianteiro transversal

Número de cilindros: 3 em linha

Número de válvulas: 6

Cilindrada: 999 cm³

Potência: 72 cv (G) a 6.000 rpm / 77 cv (E) a 6.250 rpm

Torque: 10,4 kgfm (G)/ 10,9 kgfm (E) a 3.500 rpm

Alimentação: Injeção eletrônica

Taxa de compressão: 13,2:1

Câmbio: Manual, 5 marchas

Tração: Dianteira

Direção: Assistência elétrica

Suspensão

Dianteira: Independente tipo McPherson com rodas independentes, braços oscilantes inferiores, com geometria triangular e barra estabilizadora

Traseira: Eixo de torção com rodas semi-independentes

Freios

Dianteiro: Disco sólido

Traseiro: Tambor com sapata autocentrante e regulagem automática de jogo

Pneus: 175/65 R14

Rodas: Aço estampado 14″

Dimensões / Capacidades

Comprimento: 3.998,mm

Largura: 1.724 mm

Altura: 1.501 mm

Entre-eixos: 2.521 mm

Tanque de combustível: 48 litros

Porta-malas: 300 litros

2 Comments

  1. No final das contas, o Fiat Argo S-Design e uma opcao para quem deseja sair do lugar comum e curte uma estetica diferente e descolada do restante da familia e menos chamativa que da versao HGT. Com um consumo contido, mas sem emocao ao volante.

    • autoagora.com.br disse:

      Bom resumo. E depois afinal, não tem rodovia no Brasil com velocidade maior que 120 km/h. Obrigado pelo contato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *