Avaliação: Picape Fiat Strada Volcano 2021

Avaliação: SUV elétrico Audi e-tron
Avaliação: SUV elétrico Audi e-tron
22/09/2020
Avaliação: Volvo XC40 T5 R-Design Plug-in Hybrid
Avaliação: Volvo XC40 T5 R-Design Plug-in Hybrid
05/10/2020
Avaliação: Picape Fiat Strada Volcano 2021

Avaliação: Picape Fiat Strada Volcano 2021/ Foto: Saulo Mazzoni

Nova geração da picape mais vendida do Brasil mudou o visual, recebeu motor Firefly, ficou maior, mais confortável e boa de guiar

Em junho deste ano a Fiat lançou a nova geração da picape compacta Fiat Strada. O veículo utilitário foi todo modificado, pois passou a ser fabricado em uma nova plataforma. Ela é denominada MPP, com elementos do Argo, Fiorino e Mobi. O visual deixa evidente que foi inspirado na picape Toro, mas sem as luzes nas extremidades da grade dianteira.

Avaliação: Picape Fiat Strada Volcano 2021

Fiat Strada Volcano 2021, visual inspirado na Fiat Toro/ Foto: Saulo Mazzoni

Os faróis em LED são ligados por uma barra cromada. No centro da grade o logo FIAT e abaixo, do lado esquerdo da grade, as quatro barras que representam a nacionalidade italiana da fabricante. O para-choque na cor da carroceria tem uma grade inferior. As luzes de neblina estão nas extremidades e abaixo tem o overbumper.

Avaliação: Picape Fiat Strada Volcano 2021

Picape Fiat Strada Volcano 2021, lateral com vincos nas portas/ Foto: Saulo Mazzoni

Na lateral, o farol afila e avança para o para-lama. A área envidraçada oferece boa visibilidade. Vale destacar que nesta geração a fabricante optou por uma carroceria de duas ou quatro portas. Na anterior o modelo tinha opção de três portas. O vinco está na região da maçaneta e parte inferior da porta, onde aparece também um friso, também conhecido como borrachão.

A caixa de roda utiliza moldura para reforçar o visual esportivo e as rodas de liga leve 16 polegadas são opcionais. Da fábrica ela sai com rodas 15 polegadas. A nova Strada tem 208 mm de altura em relação ao solo e o ângulo de entrada é de 24º. Ela mede 4,4 m. Sua largura é de 1,7 m e a distância entre-eixos de 2,7 m, a altura é de 1,5 m.

Avaliação: Picape Fiat Strada Volcano 2021

Foto: Saulo Mazzoni

Na traseira retangular, as lanternas avançam para a tampa, mas não são bipartidas. Diferente da Toro que tem a tampa que abre para fora, a da Strada abre para baixo. Do lado esquerdo está a identificação do modelo, a versão aparece no lado direito, e no centro o logo Fiat. O para-choque é preto e nas extremidades estão os refletores.

Avaliação: Picape Fiat Strada Volcano 2021

Volante multifuncional e quadro de instrumentos que mistura informações analógicas e digitais/ Foto: Saulo Mazzoni

No interior, o quadro de instrumentos lembra o do Fiat Mobi e Fiat Uno. O conta-giros, marcador de combustível e velocímetro são analógicos, aliás, o velocímetro mostra a velocidade de 10 em 10 km. No centro uma tela digital com as informações do computador de bordo e também velocidade digital. O volante é multifucional. E a central multimídia é a Unconnect  com tela de 7”. Aceita Android Auto e Apple Carplay, porém, ela é pareada ao smartphone  sem conectar um cabo.

Avaliação: Picape Fiat Strada Volcano 2021

Motor Firefly é uma das novidades na Fiat Strada/ Foto: Saulo Mazzoni

Avaliação: picape Fiat Strada Volcano 2021, motor, câmbio, suspensão e direção

A nova Fiat Strada Volcano 2021 tem o motor 1.3 Firefly, que é utilizado também no Argo e Cronos. Sua potência é de 109 cv (E)/101 cv(G) e torque de 14,2 kgfm (E)/13,7 kgfm (G).

O motor trabalha com um câmbio manual de cinco marchas. O sistema direção utiliza assistência elétrica. Foi mantido o E-Locker, que é um Controle de Tração Avançado (TC+). Este sistema bloqueia o diferencial. Ele foi desenvolvido pela Eaton e lançado em 2008 no Fiat Palio Adventure.

Fiat Strada Volcano 2021: Sistema de suspensão recalibrado

Na nova Fiat Strada, o sistema de suspensão traseiro mantém o feixe de molas, ou seja, o mais recomendado para um veículo que serve para transportar carga. Na dianteira a suspensão é independente McPherson. E a engenharia trabalhou este sistema, as molas, amortecedores e barra estabilizadora são novos.

Avaliação: Picape Fiat Strada Volcano 2021

Avaliação: Picape Fiat Strada Volcano 2021/ Foto: Saulo Mazzoni

Avaliação: Picape Fiat Strada Volcano 2021, impressões ao dirigir e consumo de combustível

Em um veículo comercial, como a Fiat Strada, o trabalho de calibração da suspensão é o que mais demanda esforços, pois a engenharia tem que encontrar um ponto de equilíbrio, o qual ofereça conforto com o veículo carregado ou não, ou seja, os dois extremos.

A Fiat conseguiu este acerto. Não dá para comprar com o conforto oferecido por um sedã, por exemplo, isso porque, dependendo das ondulações encontradas, ela vai pular um pouco. Como é normal em um automóvel desta categoria, o arranque é lento. Mas desenvolve velocidade de maneira rápida.

Avaliação: Picape Fiat Strada Volcano 2021

Fiat Strada Volcano 2021, as suspensões estão bem calibradas/Foto: Saulo Mazzoni

Nas rodovias sinuosas, ela se mostra estável, mesmo vazia, sem jogar a traseira. O motor atende as necessidades, pois o torque total está disponível a partir de 3.500 rpm. As relações de marchas estão bem sincronizadas com trocas macias e precisas. E, o proprietário de uma picape Fiat Strada da geração anterior vai sentir diferença no quesito conforto, logo ao entrar nesta nova. Ela subiu de patamar.

O consumo de combustível da Nova Fiat Strada Volcano 2021 validado pelo programa de etiquetagem veicular na cidade, abastecida com gasolina é de 12,1 km/L e com Etanol de 8,4 km/L. Na estrada consome 13,3 km/L ao usar gasolina e 9,4 km/L com etanol.

Avaliação: Picape Fiat Strada Volcano 2021

Na picape Fiat Strada o consumo de combustível é de 8,4 km/L na cidade com Etanol/ Foto: Saulo Mazzoni

Nesta avaliação da picape Fiat Strada Volcano 2021, ela foi entregue abastecida com Etanol. Como resultado, ao rodar com o ar-condicionado ligado o consumo foi de 8,3 km/L na cidade e 9 km/L na rodovia, ou seja, muito próximo ao homologado. É bom ressaltar que o consumo de combustível é diretamente influenciado pela maneira que o motorista dirige. E a Fiat Strada tem o indicador para mudanças de marcha. Ao orientar-se por ele, a perspectiva de dirigir de maneira eficiente é melhor. Já o multimídia é intuitivo, o motorista não tem dificuldades para entender e utilizar as funções que ele oferece.

Avaliação: Picape Fiat Strada Volcano 2021 Multimídia

Fiat Strada Versão Volcano com multimídia de série/ Foto: Saulo Mazzoni

Avaliação: Picape Fiat Strada Volcano 2021, preço, itens de série e opcionais

O preço da picape Fiat Strada Volcano 2021 é de R$ 82.290. Entre os itens de série, para a segurança do motorista figuram os airbags laterais e os dois obrigatórios para motorista e passageiro. Tem ainda o controle eletrônico de estabilidade, freios ABS com EBD, sistema ativo de freio com o controle eletrônico que auxilia nas arrancadas do veículo em subida (Hill Holder), alerta de uso do cinto de segurança para motorista e passageiro, e câmera de ré.

Avaliação: Picape Fiat Strada Volcano 2021        Avaliação: Picape Fiat Strada Volcano 2021 Interior

Para o conforto dos ocupantes traz o ar-condicionado, central multimídia com tela de 7”, os bancos são em couro/tecido. O volante multifuncional em couro, os vidros são elétricos nas quatro portas, a chave com telecomando e alarme antifurto. O protetor de cárter, capota marítima e santoantonio também são itens de série na versão Volcano. 

Avaliação: Picape Fiat Strada Volcano 2021

Picape Fiat Strada Volcano 2021, rodas 16″ opcionais/ Foto: Saulo Mazzoni

Como opcional a Fiat oferece as rodas de liga leve 16″ com pneus 205/55 R16, o custo é de R$ 2.500,00.  A cor sólida Preto Volcano não tem custo adicional, já a Branco Banchisa e Vermelho Monte Carlo, também sólidas custam R$ 900,00. As metálicas Prata Bari e Cinza Silverstone custam R$ 2.300,00 e a perolizada Branco Alaska custa R$ 2.500,00.

Avaliação: Picape Fiat Strada Volcano 2021

Foto: Saulo Mazzoni

Capacidade de carga

A picape Fiat Strada Volcano 2021 com cabine dupla aceita até 650 kg, com 844 litros de capacidade. A Fiat Strada lidera o segmento há 20 anos. A nova geração esta apta para manter esta hegemonia.

Avaliação: Picape Fiat Strada Volcano 2021

Foto: Saulo Mazzoni

Por: Edison Ragassi/ Fotos: Saulo Mazzoni

Ficha técnica Fiat Strada Volcano 2021

Motor

Posição: Transversal dianteiro

Número de cilindros: 4 em linha

Cilindrada: 1.332 cm³

Taxa de compressão: 13,2:1

Potência: 101 cv (G) a 6.000 rpm/ 109 cv (E) a 6.250 rpm

Torque: 13,7 kgfm (G)/ 14,2 kgfm (E) a 3.500 rpm

Numero de válvulas: 8

Injeção de combustível: Injeção eletrônica

Câmbio: Manual 5 marchas

Direção: Assistência elétrica

Suspensão

Dianteira: Independente McPherson

Traseira: Eixo rígido, com amortecedores hidráulicos de duplo efeito e molas parabólicas longitudinais

Freios

Dianteiro: A disco ventilado

Traseiro: A tambor com sapata autocentrante e regulagem automática de jogo

Rodas: Liga leve 15”

Pneus: 205/60 R15

Dimensões/ Capacidades

Comprimento: 4.480 mm

Largura: 1.732 mm

Distância entre-eixos: 2.737 mm

Altura do veículo: 1.595 mm

Altura mínima do solo: 214 mm

Ângulo de entrada: 23,2°

Ângulo de saída: 28,4°

Capacidade de carga: 650 kg

Carga máxima rebocável (reboque sem freio): 400 kg

Volume da caçamba: 844 litros

Tanque de combustível: 55 litros

2 Comments

  1. Marcelo Leone disse:

    Show de bola

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *