Avaliação: Picape média Nissan Frontier XE 2020

Avaliação: Chevrolet Joy Plus o sedã de entrada
Avaliação: Chevrolet Joy Plus o sedã de entrada
27/10/2020
Avaliação: Renault Logan Zen 1.6 câmbio manual 2020
Avaliação: Renault Logan Zen 1.6 câmbio manual 2020
16/11/2020
Avaliação: Picape média Nissan Frontier XE 2020

Avaliação: Picape média Nissan Frontier XE 2020/ Foto: Saulo Mazzoni

Avaliação: Picape média Nissan Frontier XE 2020

Avaliação: Picape média Nissan Frontier XE 2020/ Foto: Saulo Mazzoni

A 12ª geração da picape média Nissan Frontier tem motor forte. È eficiente no fora de estrada, confortável para os passageiros e robusta ao transportar cargas

A atual geração da picape Nissan Frontier foi lançada em março de 2017. Na época, as primeiras unidades que chegaram ao país foram importadas do México. Depois disso, no último trimestre de 2018, ela passou a ser produzida na Argentina.

Em relação a Frontier de 12ª geração, a qual era fabricada em São José dos Pinhais (PR), ela foi totalmente modificada.

Avaliação: Picape média Nissan Frontier XE 2020

Nissan Frontier XE 2020, frente com a moldura V Motion no centro/ Foto: Saulo Nazzoni

Passou a ser produzida em um novo chassi. O visual da frente reforça as linhas utilizadas nos automóveis orientais. O capô tem vincos acentuados em forma de V. Eles se juntam a grade, a qual usa uma moldura cromada, denominada V Motion, e no centro os filetes pretos com a logomarca Nissan em destaque. O conjunto ótico em formato de bulmerang é formado por um filete de Led na parte de cima, as luzes dos faróis e lâmpadas de seta. O para-choque com Overbumper é na cor da carroceria, ele tem nas extremidades as luzes de neblinas, com molduras cromadas. No centro da parte inferior outra grade menor.

Avaliação: Picape média Nissan Frontier XE 2020

A picape média Nissan Frontier XE 2020, na lateral vincos e maçanetas cromadas/ Foto: Saulo Mazzoni

A vista lateral tem o farol que avança para o para-lamas, a caixa de rodas é ressaltada e a área envidraçada é grande. O suporte do espelho retrovisor é cromado, assim como as maçanetas, ele vem com lâmpada de seta. Na coluna das portas, os adesivos são na cor preta. As duas portas têm um vinco embaixo das maçanetas e outro na parte inferior.

Avaliação: Picape média Nissan Frontier XE 2020/ Interior

Nissan Frontier XE 2020 com bom espaço no banco traseiro/ Foto: Saulo Mazzoni

Há uma separação entre a cabine e a caçamba. Na parte de trás, a caixa de roda também é ressaltada e a lanterna avança para a lateral. As rodas de liga leve 18 polegadas são calçadas com pneus 255/60R18 todo terreno.

A Nissan Frontier tem 5,25 m de comprimento, 1,75 m de altura e 1,85 m de largura. O comprimento máximo da caçamba é de 1.519 mm, enquanto a largura atinge 1.560 mm e, a altura, é de 473 mm. No total a capacidade de carga é de 1.025 kg.

Avaliação: Picape média Nissan Frontier XE 2020

Nissan Frontier XE 2020, para-choque traseiro com detalhes cromados/ Foto: Saulo Mazzoni

A traseira traz a terceira luz de freio, o break light na parte superior da cabine. As lanternas são retangulares na posição vertical. A tampa tem a maçaneta de abertura na parte superior. Abaixo dela o logotipo Nissan no meio de um vinco no formato de V. Do lado esquerdo está o nome da picape Frontier e do lado direito, a versão XE 4X4. O para-choque usa cromados nas extremidades e no centro uma moldura na cor preta que acomoda a placa de identificação.

Avaliação: Picape média Nissan Frontier XE 2020

Picape média Nissan Frontier XE 2020, painel com informações analógicas e digitais

Avaliação: Picape média Nissan Frontier XE 2020, interior

O interior traz um painel com o velocímetro e conta-giros analógicos e no centro uma tela TFT que mostra as informações digitais. São 9 telas disponíveis, elas mostram as informações de funções como do computador de bordo, configurações do sistema de áudio, consumo e economia de combustível. Eles também permitem a configuração do controle do chassi e dos sistemas de assistência ao motorista. Ainda estão disponíveis o relógio digital, temperatura externa, hodometro total e parcial, GPS, velocidade, entre outras. O volante revestido em couro é mutifuncional.

Avaliação: Picape média Nissan Frontier XE 2020

Multimídia da Nissan Frontier XE 2020, com GPS/ Foto: Saulo Mazzoni

No centro do painel a tela do multimídia A-IVI de 8″ com Android Auto e Apple Car Play, o GPS é individual, apesar de oferecer a função de espelhamento de smartphone.  Abaixo o controle do ar-condicionado digital de duas zonas. Ainda no console o setor de comando da tração e acionamento do controle automático de descida (HDC), aliás, este sistema, junto com o de auxilio em rampa, foram introduzidos nesta geração da Frontier. E os bancos Gravidade Zero são revestidos em couro. Segundo a Nissan, eles foram inspirados na tecnologia desenvolvida pela NASA para eliminar a fadiga e melhorar o conforto para o motorista.

Avaliação: Picape média Nissan Frontier XE 2020

Nissan Frontier XE 2020, motor 2.3L biturbo/ Foto: Saulo Mazzoni

Avaliação: Picape média Nissan Frontier XE 2020, motor, câmbio e suspensões

A 12ª geração da Nissan Frontier tem o motor diesel 2.3 biturbo. Ele desenvolve 190 cv de potência e 45,9 kgfm de torque. A injeção direta de combustível conta com 2.000 bar de pressão. A fabricante divulga que este motor é 10 kg mais leve e mais silencioso que o da geração anterior. Os dois turbos trabalham em regimes de rotação do motor diferentes, isso ocorre para permitir progressividade na aceleração. Assim, o de maior pressão atua junto com o de menor no arranque e trabalha até a rotação estabilizar. Depois disso ele desliga e deixa o de menor pressão atuando no motor em velocidade de cruzeiro. Outro detalhe sobre este motor é que no lugar da correia dentada ele utiliza corrente sincronizadora.

O câmbio automático é de 7 marchas com opção de trocas manuais sequenciais. A relação de troca ficou mais curta nas primeiras velocidades.

Esta geração da Nissan Frontier também traz o botão no lado esquerdo do painel, perto da porta do motorista, que permite a regeneração do filtro particulado de diesel (DPF). Ele é um componente do sistema de escape que vem sempre depois do catalisador e que serve para segurar as partículas características de motores a diesel. Para garantir a maior eficiência, a limpeza do filtro é necessária como parte da manutenção periódica.

A suspensão dianteira é do tipo double-wishbone e a traseira utiliza eixo rígido com molas helicoidais e multibraço (multilink).

Avaliação: Picape média Nissan Frontier XE 2020

Picape média Nissan Frontier XE 2020 com suspensões bem calibradas/ Foto: Saulo Mazzoni

Avaliação: Picape média Nissan Frontier XE 2020, impressões ao dirigir e consumo de combustível

Em principio as picapes, ou caminhonetes, como são chamados estes automóveis utilitários em várias regiões do país, foram desenvolvidas para o trabalho. Mas os compradores passaram a utilizar este tipo de veículo não só para trabalhar, mas também nas outras necessidades diárias. Ao perceber esta tendência, as fabricantes empenharam-se em agregar conforto e segurança semelhantes aos encontrados nos carros de passeio.

Avaliação: Picape média Nissan Frontier XE 2020

Nissan Frontier XE 2020, motorista não tem dificuldades para encontrar a melhor posição para guiar/ Foto: Saulo Mazzoni

E a Nissan conseguiu este equilíbrio. O motorista percebe isso logo ao entrar. A começar pelos controles elétricos do banco, os quais são simples de entender e ajustar na melhor posição. O painel é amplo, com grafia de fácil visualização, e as informações do computador de bordo, mostradas na tela TFT, auxiliam a conduzir a picape de maneira eficiente. A central multimídia é intuitiva, semelhante a um tablet, não há dificuldades ao parear o Android Auto ou Apple Carplay. A definição da tela também é boa, principalmente ao usar o GPS do sistema, o motorista não precisa parear o smartphone para se orientar. Ao acionar o motor diesel, percebe-se que tem isolamento acústico condizente com um veículo deste tipo, pois pouco se ouve do ruído do motor na cabine.

Avaliação: Picape média Nissan Frontier XE 2020

Foto: Saulo Mazzoni

Depois de colocar a alavanca na posição D e tirar a picape do estado estacionário, o motorista sente que o arranque é lento. Ao ser utilizada no circuito urbano, o motorista sente-se muito confortável, graças ao trabalho feito pela engenharia da Nissan nos sistemas de suspensões e nos bancos denominados Gravidade Zero. Ao passar por ondulações no asfalto, valetas, lombadas, é macia para um modelo deste porte.

Na rodovia, o sincronismo entre o motor e o câmbio é muito bom, pois ao acelerar, ela desenvolve velocidade rapidamente, de maneira constante, sem trancos durante as trocas. Também não assusta ao enfrentar uma curva mais severa, pois o motorista sente a Frontier na mão, mesmo com a caçamba vazia.

Avaliação: Picape média Nissan Frontier XE 2020

Nissan Frontier com sistemas 4×4/ Foto: Saulo Mazzoni

No fora de estada a picape da Nissan tem muitas qualidades. Os vários sistemas para utilizá-la na terra, barro, pisos escorregadios são eficientes e fáceis de acionar. O seletor do 4×4 esta no console, próximo a alavanca do câmbio. As opções de tração são integral e reduzida. Ela pode ser a acionada com o simples girar de uma manopla no painel com o veículo em movimento até 100 km/h, na geração anterior era até 80 km/h, em qualquer tipo de terreno.

Avaliação: Picape média Nissan Frontier XE 2020

Nissan Frontier para todo o tipo de terreno/ Foto: Saulo Mazzoni

Mesmo no terreno acidentado é fácil de controlar, responde imediatamente ao movimentar o volante, não exige aceleração extrema e a cabine tem boa vedação, o que evita a entrada de poeira. Os ângulos de saída e entrada são 27,2º e 31,6º, respectivamente e o vão livre de 292 mm. Na parte de baixo, há uma placa de ferro para proteger toda a parte inferior. 

Avaliação: Picape média Nissan Frontier XE 2020/ Consumo de combustível

Foto: Saulo Mazzoni

O consumo de combustível da Nissan Frontier XE 2020 é de 9,2 km/L na cidade e 10,5 km/L na estrada, estes resultados estão no programa de etiquetagem veicular do Inmetro. Durante o período de Avaliação, com o ar-condicionado ligado, no circuito urbano, a Nissan Frontier XE 2020 consumiu 9,5 km/L e na rodovia 10,9 km/L. Esta pequena diferença ocorre porque o consumo de combustível varia de acordo com as condições que o veículo é guiado.

Avaliação: Picape média Nissan Frontier XE 2020

Foto: Saulo Mazzoni

Avaliação: Picape média Nissan Frontier XE 2020, preço itens de série

Importada da Argentina, a picape média Nissan Frontier XE 2020 tem preço sugerido de R$207.490. Além dos equipamentos e acessórios já citados, a versão XE traz de série: 6 Alto-falantes (2 porta dianteira + 2 tweeters + 2 porta traseira). Os faróis dianteiros têm a assinatura de LED (DTRL), câmera de ré, sensor de estacionamento traseiro, Multimidia A-IVI de 8″ com Android Auto & Apple Car Play, GPS integrado e acabamento de couro nos bancos. Para segurança e auxilio ao motorista, os freios têm ABS e EBD. Vem ainda com os controles de tração e estabilidade, o HDC que aplica automaticamente os freios para diminuir a velocidade, limitador de diferencial (LSD), o sistema aumenta o controle do veículo, a estabilidade e evita que as rodas patinem. A Nissan Frontier está muito bem acertada para múltiplos usos.

Avaliação: Picape média Nissan Frontier XE 2020

A Nissan produz picapes desde 1934/ Foto: Saulo Mazzoni

Ficha técnica Nissan Frontier XE 2020

Motor: 2.3L biturbo diesel

Posição: Dianteiro, longitudinal

Número de cilindros: 4 em linha

Número de válvulas: 16

Cilindrada: 2.298 cm³

Combustível: Diesel

Alimentação: Injeção direta

Potência: 190 cv a 3.750 rpm

Torque: 45,9 kgfm entre 1.500 ~2.500 rpm

Câmbio

Tipo: Automático de 7 marchas com função manual seqüencial

Tração: 4×4 Shift On The Fly (4×2, 4×4 High e 4×4 Low)

Freios         

Dianteiros: Discos ventilados

Traseiros: tambores e sapatas

Direção: Assistência hidráulica

Suspensões

Dianteira: Double-wishbone

Traseira: Eixo rígido e multibraço com molas helicoidais

Rodas

Liga leve: 18″ de alumínio

Pneus: 255/60R18

Dimensões

Comprimento: 5.264 mm

Largura: 1.850 mm

Altura: 1.826 mm

Distância entre-eixos: 3.150 mm

Caçamba

Comprimento máximo da caçamba: 1.509 mm

Largura máxima da caçamba: 1.560 mm

Altura máxima da caçamba: 473 mm

 Capacidades

Capacidade de carga: 1.025 kg

Tanque de combustível: 80 litros

Ângulos de ataque / saída/ inclinação

Ângulo de ataque 30,3°

Ângulo de saída (com para-choque): 27,4°

Ângulo de inclinação máxima em subida: 23,2°

Altura do solo: 230 mm

Por: Edison Ragassi/ Fotos: Saulo Mazzoni

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *